O agrado da desgraça

Foto: reprodução/Instagram

O presidente é um desastre de locução. Não sei ler. Não conhece a fonética. É deficiente na gramática. Ainda assim , verbaliza sua indulgência. Oferece a graça a um criminoso. Santifica o deputado federal e cria uma rugosidade em suas anfitriãs. Por que o perdão para um e não para outro? Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (23.04.22)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *