Inscrição para recenseadores do IBGE

Termina nesta sexta (21) a inscrição para os processos seletivos do IBGE

Confira 15 perguntas e respostas sobre as seleções do IBGE para o Censo 2022

 

  1. Que processos seletivos do Censo 2022 o IBGE abriu?

Um para Recenseador e outro para Agente Censitário Municipal (ACM) e Agente Censitário Supervisor (ACS). No caso dos agentes censitários, serão oferecidas as vagas de ACM aos melhores classificados.

 

  1. Até que dia as inscrições estão abertas?

As inscrições para os dois processos seletivos vão até o dia 21 de janeiro, sexta-feira, às 16 horas.

 

  1. Quanto custa a inscrição e até quando posso fazer o pagamento da taxa?

R$ 57,50 para Recenseador e R$ 60,50 para ACM e ACS. O pagamento vai até 16 de fevereiro.

 

  1. Há casos de isenção da inscrição?

Sim. O inscrito pode obter isenção caso tenha cadastro no Cad Ünico e seja de família de baixa renda, ou ainda se for doador de medula óssea em entidade reconhecida pelo Ministério da Saúde.

 

  1. É possível fazer as duas provas?

Sim. As duas provas serão no dia 10 de abril. A prova para Recenseador será das 9 às 12 horas, e para ACM e ACS, das 14:30 às 18 horas.

 

  1. Onde me inscrevo?

Apenas pela internet, no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), onde o candidato faz um cadastro e em seguida a inscrição. Os links para fazer as inscrições são:

Recenseador: https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibuepss21/10 ACM e ACS: https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibRepss21/09

 

  1. Qual o salário de cada cargo?

R$ 2.100 + benefícios para Agente Censitário Municipal (ACM) e R$ 1.700 + benefícios para Agente Censitário Supervisor (ACS).

Os benefícios incluem auxílio-alimentação de R$ 458, auxílio-transporte, 13° salário e férias proporcionais. Quem tem filho de até 6 anos de idade recebe ainda auxílio creche.

O Recenseador ganha por produtividade, sem valor fixo, de acordo com o número de horas trabalhadas. O total recebido também varia de acordo com o município.

Uma estimativa de ganho pode ser feita neste simulador.

Em Florianópolis, por exemplo, 40 horas de trabalho semanais geram um ganho de R$ 2.308 a cada 4 semanas. Um total de 50 horas semanais pode aproximar o ganho de R$ 3 mil.

O recenseador também tem direito a 13° salário e férias proporcionais. Com esses dois benefícios e uma carga horária de 50 horas, o valor médio mensal tende a ultrapassar R$ 3 mil.

  1. Quanto duram os contratos e qual a carga horária de trabalho?

Os trabalhos são temporários, podendo durar até três meses no caso dos Recenseadores e até cinco meses nocaso dos agentes censitários. No caso dos ACM e ACS a jornada de trabalho é de 40 horas semanais; no caso dos Recenseadores é flexível, mas há uma expectativa de no mínimo 25 horas semanais.

 

  1. Quantas vagas estão abertas em Santa Catarina?

Um total de 7.663 vagas. Para Recenseador são 6.761 vagas nos 295 municípios catarinenses. Para ACM são 244 vagas em 205 municípios, e para ACS, 658 vagas em 158 municípios.

As cidades com mais vagas para Recenseador são Joinville, com 542; Florianópolis, com 508; Blumenau, com 312; São José, com 238; e Itajaí, com 211.

  1. Quais as principais exigências para assumir as vagas?

Ensino Fundamental completo para Recenseador e Ensino Médio completo para agentes censitários. E preciso ter 18 anos completos, mas apenas quando chegar a data da contratação, prevista para meados do ano. A idade máxima é a estabelecida no serviço público, 75 anos.

 

  1. O que cai na prova e como eu posso estudar?

A prova para Recenseador  cobrará as disciplinas de Língua portuguesa, Matemática, Ética no serviço público e Conhecimentos técnicos, totalizando 50 questões.

A prova para ACM e ACS terá Língua portuguesa, Raciocínio lógico-quantitativo, Ética no serviço público, Noções de administração/gerencial e Conhecimentos técnicos, totalizando 60 questões.

Nos dois casos, há materiais gratuitos disponíveis no próprio site de inscrição para as disciplinas de Ética no serviço público e Conhecimentos técnicos.

  1. Há cotas nos processos seletivos?

Sim. 20% das vagas são destinadas aos candidatos pretos e pardos nos municípios em que há, para cada cargo, 3 ou mais vagas oferecidas. Há ainda 5% de vagas destinadas a pessoas com deficiência.

  1. Quando sai o resultado e quando os aprovados começam a trabalhar? O resultado final dos dois processos seletivos sairá no dia 20 de

O início dos trabalhos está previsto para meados do ano.

  1. Onde há mais informações sobre o Processo seletivo do Censo 2022?

Outras informações sobre as seleções podem ser obtidas pelo telefone 0800 2834628 e pelo e-mail ibuepss21@fgv.br. Os editais dos dois processos seletivos trazem todas as informações pertinentes a eles. É possível, ainda, visitar o hotsite do Censo 2022.

  1. Em relação à Covid-19, quais os cuidados?

Todas as etapas do Censo 2022, incluindo as provas, treinamentos e a coleta dos dados, seguirão protocolos sanitários de prevenção à Covid-19. Será exigido o uso obrigatório de máscaras e o distanciamento seguro entre candidatos e aplicadores de prova. O candidato que descumprir as medidas de proteção será eliminado do processo seletivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *