Wherá Tupã e o Fogo Sagrado.

Dias após sua estreia oficial no 11º Festival Internacional de Cinema em Balneário Camboriú, o documentário Wherá Tupã e o Fogo Sagrado será exibido em evento no CineMulti, em Florianópolis, neste sábado, 11h. 

Contaremos com a presença especial de Alcindo Wherá Tupã, líder espiritual guarani de 112 anos, e Wanderley Karaí Vidju, seu filho, ambos personagens e co-criadores do filme. Também estarão presentes o diretor Rafael Coelho e os produtores Lipe Tortoro e Arantxa Pellme, da Filmes do Fogo, e mais membros da equipe de gravação.

No dia 18 de dezembro de 2021 às 11h, a exibição será seguida de roda de conversa e de momento de escuta das palavras de Wherá Tupã. A entrada é gratuita.

O líder espiritual guarani (karaí) cura, batiza e aconselha a comunidade. Contudo, o modo de vida guarani anterior à colonização, que permitia um corpo físico mais forte, saudável e em conexão mais profunda com a espiritualidade, vem sendo extinto, afetando as novas gerações de karaí que não são tão sensíveis e poderosos como antes e aumentando as doenças dentro da comunidade. Wherá Tupã se considera o último karaí que mantém a sabedoria do Fogo Sagrado.

Presenteado aos guarani por Nhanderu (deus criador do universo), o Fogo Sagrado é “como o cinema”, segundo Wanderley, pois mostra imagens do que acontece em outras aldeias e revela memórias dos pacientes. Além disso, proporciona a Wherá Tupã “uma visão raio-x” que o ajuda a curar doenças, pois ele as vê dentro do corpo do enfermo, sendo o Fogo um elo de conexão com Nhanderu, tão importante que o ancião o mantém aceso há mais 20 anos dentro de sua casa. 

“Wherá Tupã permitiu a realização desse filme em 2013. Recebi o batismo guarani em 2015, o que me aproximou muito das comunidades indígenas do litoral catarinense. Nos anos seguintes fiz filmagens de cerimônias e criei uma linguagem cinematográfica inspirada na realidade da opy (casa de reza), apresentando as imagens à comunidade e recebendo seu feedback. A partir das trocas ao longo dos anos entre  Wherá Tupã,  Wanderley e eu, nasceu o roteiro do filme e intenso trabalho de produção iniciou-se após ser contemplado com o Prêmio Catarinense de Cinema em 2018.”  Rafael Coelho, diretor, produtor e montador.

“Hoje são poucos os que mantêm essa cultura, essa essência, essa convivência de estar dentro da cultura, dentro do templo sagrado que é o opy(casa de reza), são poucos os anciãos que ainda repassam esses ensinamentos aos netos e filhos. Esse filme foi produzido com muito cuidado, muito trabalho, muita paciência e fala de como é o trabalho do Seu Alcindo Wherá Tupã, a cura, e da sua vida, mostrando o seu dia a dia, há mais de 80 anos fazendo esse trabalho. esse filme leva essa mensagem para as gerações que estão vindo, para que  possam ver e sentir esses ensinamentos.“ Wanderley Karaí Vydju, filho de Alcindo e co-criador do filme.

 

WHERÁ TUPÃ E O FOGO SAGRADO

Sinopse:

Alcindo Wherá Tupã, líder espiritual Guarani no Brasil, é portador da sabedoria milenar do Fogo Sagrado, que está desaparecendo. Apresentando cenas de um ritual de cura nunca antes divulgado em filme, este documentário pretende refletir a situação atual dos Guarani e colocar em evidência a sensibilidade apurada do ancião de 109 anos, que o permite realizar curas espirituais e físicas junto ao Fogo.

 

PRODUÇÃO: FILMES DO FOGO

 

CONTEMPLADO COM O PRÊMIO CATARINENSE DE CINEMA

 

APOIO: PLURAL FILMES, KINOKAOS, SABERES SABERES INDÍGENAS NA ESCOLA

 

FICHA TÉCNICA:

Documentário

30 minutos

Cor

2021

 

RESUMO DO EVENTO

Estreia do Filme com Bate-Papo e

Presença de Alcindo Wherá Tupã,

líder espiritual e protagonista

 Onde?

CineMulti

Multi Open Shopping

Rodovia Dr. Antônio Luiz Moura Gonzaga, 3339
Rio Tavares, Florianópolis

Quando?

11h (onze horas)
18 de dezembro (sábado)

Ingresso: Gratuito

Duração do evento: 1 hora e 30 minutos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *