Frente Ambientalista

REUNIÃO ORDINÁRIA DA FRENTE PARLAMENTAR AMBIENTALISTA DE FLORIANÓPOLIS

DATA: SEXTA, 27 DE AGOSTO DE 2021
HORÁRIO: DAS 15H ÀS 17H

TRANSMISSÃO PELO CANAL DO YouTube DA CÂMARA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS https://www.youtube.com/channel/UCSClFwIsnlvVz5Y_5FkHrdg

Nesta sexta acontece a reunião ordinária da Frente Parlamentar Ambientalista das 15h às 17h, de forma híbrida, tendo como pauta a 17ª rodada do Leilão de Blocos Exploratórios deflagrado pela ANP (Agência Nacional do Petróleo), que visa vender áreas de quatro bacias sedimentares marítimas: Bacia de Pelotas, Santos, Campos e Potiguar.

Dada a efetiva necessidade de se debater os impactos da exploração de petróleo e gás na Bacia de Santos, sendo que a referida Bacia de Santos se estende de Cabo Frio/RJ à Florianópolis/SC, e, dado a relevância do assunto, sendo que os reflexos de tal venda e futura exploração certamente poderá afetar o turismo, a pesca, a agricultura, o lazer, entre outros temas, em dimensões incalculáveis e com prejuízos inenarráveis em todas as esferas.

Os blocos propostos no pré-edital da 17ª rodada de Concessão têm sobreposição de 89 espécies em risco de extinção, sendo eles 4 mamíferos, 10 aves, 6 répteis e 59 peixes marinhos, dentre os quais 23 são tubarões e 10 são raias.
Destaca-se a ameaça aos grandes mamíferos, como a baleia-sei, ou baleia-azul, a baleia-fin e o cachalote, que são sensíveis à atividade sísmica. E o risco de afetar a conservação das cinco espécies de tartarugas marinhas, chamando a atenção que todas elas estão presentes nos blocos exploratórios propostos
(Nota Técnica n° 2/2020/COE5P/CGCON/DIBIO/ICMBio, 2020).

Assim, o que se busca com essa reunião da Frente Parlamentar Ambientalista de Florianópolis, é trazer a sociedade civil para participar desse debate, por estar essa municipalidade inclusa na Bacia de Santos, e que sejamos protagonistas no processo de discussão sobre os impactos ambientais causados pela exploração de petróleo e gás na Bacia de Santos que se estende de Cabo Frio (RJ) a Florianópolis (SC), caso ocorra a 17ª rodada do Leilão de Blocos Exploratórios da ANP (Agência Nacional de Petróleo).

Portanto, convidamos representantes do Instituto Internacional Arayara e do Observatório do Petróleo e Gás para explanar sobre as bacias e os possíveis impactos na pesca, turismo e lazer.

Serão convidados também os órgãos ambientais, secretarias municipais, representantes dos poderes executivo e legislativo, Ministério Público Estadual e Federal, Universidades e sociedade civil, por entendermos que é uma responsabilidade de toda a sociedade discutir sobre essa pauta.

Acompanhe, participe e compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *