Estão chegando as eleições

Em setembro de 2021 encerra-se mais um período de direção da Rádio Campeche. A equipe, que foi eleita em 2019 está pronta para passar o bastão. Foi uma gestão atípica, pois se deu praticamente dentro da pandemia. O trabalho começou em outubro de 2019 e já em março entramos nesse turbilhão da Covid-19. Praticamente todos os programas presenciais foram suspensos, seguindo as orientações das autoridades da saúde. Ainda assim, a rádio seguiu transmitindo, passando as informações necessárias sobre o que estávamos vivendo. Vários programas conseguiram seguir no ar, sendo gravados e, depois, aproveitando as novas tecnologias de streaming, passaram a ser feitos remotamente. A vocação principal da rádio, que é a de informar a comunidade, não foi interrompida.

É certo que todo o envolvimento comunitário que se dá a partir da presença constante das gentes na rádio, e da presença da rádio na vida comunitária, foi prejudicado. Mas, isso aconteceu em todo o mundo. O isolamento social é uma exigência do momento.  Por isso, não aconteceram reuniões, nem festas, nem atividades sociais. Mas, quando foi necessário, a rádio se fez presente, com todos os cuidados possíveis, como no novo incêndio do Rancho do seu Aparício, nas lutas pela proteção ambiental nos bairros da cidade, como a Lagoa, Córrego Grande, Pântano do Sul, Santinho, Açores, bem como as ações de luta do bairro. Também não deixamos de apoiar a ação da Associação dos Moradores do Campeche que, durante o período mais duro da pandemia, recolheu alimentos e os distribuiu às famílias carentes. Participamos ativamente da campanha SOS Músicos, que buscou apoiar os artistas afetados pela pandemia. Da mesma forma, a rádio acompanhou, desde o verão de 2020 até hoje, a batalha dos indígenas pela casa de passagem.

Todas as turbulências técnicas que sistematicamente acontecem também foram enfrentadas, com alguma dificuldade, mas sem jamais deixar a rádio fora do ar. Assim, dentro do impossível, vamos cumprindo com os objetivos da Rádio Comunitária que é de deixar aberto o espaço para a comunidade se expressar. E, como sempre lembramos, a comunidade da qual falamos é a que se organiza e luta por melhorias no bairro, na cidade e no país. Não estamos aqui para ganhar dinheiro nem para servir à indústria cultural. Nosso compromisso é com a cultura local, a música produzida aqui, a luta por um Campeche com qualidade de vida e por uma cidade justa.

Agora, em agosto, daremos início a mais um processo eleitoral, para novas eleições em setembro. A diretoria da rádio é escolhida por dois anos. Então, conclamamos nossos associados que ainda não quitaram sua anuidade para que o façam. Assim, poderão votar e ser votados. Também chamamos os sócios para que considerem fazer parte da diretoria, afinal, enfrentamos tempos difíceis e a rádio é um espaço importantíssimo para a disseminação da informação necessária ao entendimento sobre o que se passa no país.

Estamos esperando vocês. Todos os sábados pela manhã têm atendimento presencial. Nossa rádio só segue viva porque essa comunidade de luta ainda se organiza e se manifesta.

Grande abraço

A direção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *