Professores em greve

O governo do Estado, ignorando os apelos dos professores, decidiu que as aulas presenciais deviam começar mesmo o estado vivendo uma alta extrema nos casos de infecção pelo novo coronavírus. Com pouco mais de uma semana de aula os problemas já começaram a aparecer. Já são mais de mil trabalhadores da educação infectados ou com suspeita de infecção. Os professores decidiram então voltar ao ensino remoto iniciando uma greve sanitária. O trabalho não parou, apenas as aulas presenciais foram suspensas. A Martha de Lima, do Programa Pós Zé, ouviu dois educadores públicos, Suzana Uliana e Daniel, sobre o drama vivido nesse momento e sobre a importância da greve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *