Moradores da Lagoa seguem na batalha com a Casan

Desde janeiro, quando estourou uma barragem da Casan inundando a Lagoa da Conceição e atingindo casas, mais de 60 famílias estão na batalha para garantir seu sustento já que perderam moradia, móveis, documentos e até trabalho. A Lagoa mesmo está interditada para uso humano e ainda há mortes de peixes. O oxigênio da água é baixo e há muitas toxinas. O Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB) está atuando no sentido de garantir o cumprimento das obrigações da Casan com as famílias atingidas. Ouça a entrevista de Mariah Wuerges, do MAB. Entrevista de Rubens Lopes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *