Volta às aulas presenciais

O estado de Santa Catarina determinou o retorno às aulas presenciais à partir do dia 18 de fevereiro, ainda que a situação no que diz respeito ao coronavírus siga sendo gravíssima, com contágio em ascensão. A categoria dos professores soma mais de 50 mil pessoas, mas se consideramos todo o conjunto de trabalhadores que atua na escola – seguranças, merendeiras, pessoal da limpeza – o número aumenta muito mais. E se contabilizarmos a comunidade que acaba sendo envolvida – familiares dos alunos – fica claro que o risco de contaminação se amplia de maneira significativa. Os tais “protocolos de segurança” não serão suficientes para conter o avanço do vírus visto que as escolas apresentam problemas estruturais, inclusive anteriores à pandemia. O programa Campo de Peixe ouviu o professor Carlos André dos Santos, da Escola Cecília Rosa Lopes, em Forquilhinhas, na grande Florianópolis, e ele comenta sobre a irresponsabilidade que essa decisão representa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *