2 thoughts on “Um olhar jovem sobre o velho

  1. Grata bonita Marília…
    Fundamental tua fala, pq nos traz a questão essencial que é a do cuidado…qual é a capacidade que temos em nosso cotidiano para realizar essa qualidade de carinho, esse exercício do cuidar? Qual é a nossa ressonância frente ao sofrimento de grupos mais vulneráveis e fragilizados como os velhos e crianças?
    Com certeza, teremos que crescer muito como nação, como sociedade para ter o cuidado e o respeito como substância fundamental das relações de convívio, norteada por uma ética do cuidado .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *