MST: apostar na produção e solidariedade

Uma das mais importantes lideranças do MST de Santa Catarina, Vilson Santin, fala sobre esse momento de crise, e conclama os trabalhadores para a solidariedade de classe. Como os assentamentos do MST produzem comida para a população é hora de se cuidar, manter a produção e estar alerta para as lutas que virão.

 

One thought on “MST: apostar na produção e solidariedade

  1. Nós do Movimento das Mulheres Trabalhadoras Urbana de São Miguel do Oeste, Sc, estamos abraçando esta luta.
    Precisamos de orientação de como encaminhar o documento.

Deixe uma resposta para Maria Carmen Viero Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *