Jornalistas lutam para manter registro

Foto: Manifestação de jornalistas no Rio Grande do Sul

A MP Verde Amarela, que criou uma série de regras para os trabalhadores além de uma carteira verde-amarela para o trabalho precarizado, acabou também com a obrigatoriedade de registro para mais 13 profissões regulamentadas. Uma dessas profissões é a de jornalista. Com a Medida provisória, que está em vigor, não é mais necessário que a pessoa tenha seu registro para atuar como jornalista, bem como acaba com a obrigatoriedade do diploma em algumas funções. Uma forma que o governo atual encontrou para enfraquecer ainda mais esse fazer. A Federação Nacional dos Jornalistas está realizando atividades junto aos deputados federais visando derrubar esse artigo. Em Santa Catarina aconteceu uma assembleia chamada pelo sindicato dos jornalistas, visando participar da articulação nacional que será feita no dia 4 de dezembro.

A jornalista Miriam Santini de Abreu fala sobre o tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *