A repressão e os desafios da classe trabalhadora

Foto: população se mobiliza contra as OSs

Jornalista Rubens Lopes/Rádio Campeche

A vergonhosa investida da Política Militar de Santa Catarina dia 21/04 contra a população de Florianópolis que lutava pacificamente por dois direitos universais previstos na Constituição Federal: Saúde e Educação, faz parte desse recrudescimento das práticas de violência física e simbólica que se intensifica pelo país a fora. As forças que deveriam proteger a cidadania e o espaço público democrático, são mobilizadas contra quem luta por legítimos direitos. Não bastasse o uso injustificado da violência policial, temos visto por meio do Diário Oficial de Florianópolis, a Prefeitura Municipal destinar volumes estrondosos de recursos do fundo público para compra de bombas de efeito moral, Gás Lacrimogêneo e Spray de Pimenta.

Boletim: Valeci Reis

2 thoughts on “A repressão e os desafios da classe trabalhadora

  1. Uma vergonha a educação e saúde nesse Brasil. Maus vergonhoso ainda é a repressão por parte de políticos que se elegeram com o voto do povo. Que enganaram as mães com.promessas de creches…que enganaram a classe trabalhadora com promessas de fazer justiça em relação a salários, sobrecarga de trabalho etc. Políticos que procuravam o povo nas ruas, em suas casas em seus trabalhos, com.oronessas enganosas e que agora recebem esse mesmo povo com bombas e cacetes. Covardes e ladrões isso que são só desviarem as verbas da educação e transformarem a vida dos professores e vários profissionais em reféns .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *